Quarta-feira, 18 de Fevereiro de 2009

O Plano D...

Hoje escrevi um mail a uma (também) ex-participante do programa PESO Comunitário que mantém um blog: O Plano D... de dieta.
 
Estendo este convite a todos os que precisarem de ajuda para perder peso. Se eu puder ajudar, partilhando a minha experiência, não hesitem em deixar um comentário.
 
 
"Cara amiga,
Tal como você, sou uma ex-participante do programa PESO Comunitário. Participei na edição de há um ano (Fevereiro/07) e posso dizer que mudei a minha vida completamente.
Tenho 1,56m de altura e já tive 87kg! Quando estive no programa PESO comecei com 83kg e perdi 8kg em 8 meses, entre Fevereiro e Outubro. Como o tempo esteve muito chuvoso durante estes meses, não tenho perdido peso desde Outubro, mas recomecei as minhas caminhadas ao fim do dia esta semana e já estou a notar a diferença.
Estou agora com 75kg e não recuperei peso. E quem passa a vida a tentar perder peso sabe bem o que isso significa: não voltar aos maus hábitos.
Não desanime e encare o peso como algo que a obriga a testar a sua força, a sua vontade de melhorar.
Não encare o peso como um fardo, mas como uma oportunidade de se testar e de progredir no sentido da vida saudável.
Nós as "rechonchudas", temos esta obrigação: mostrar ao mundo que somos tão poderosas quanto quisermos.
Se eu, que não conseguia perder peso há mais de 10 anos, consegui, você também pode conseguir. Com planeamento, cuidado com a alimentação e exercício diário, vai conseguir.

 

Estabeleça metas, de 5 kgs por exemplo. Sempre que atingir esse objectivo permita-se uma semana de descanso, sem recair nos hábitos antigos.
Vai ver que se seguir os conselhos todos que lhe deram no programa, acaba por atingir esses objectivos e sentir-se mais feliz.
 
Como o blogger não dá para adicionar como amigo aos blogs do sapo, já pus um link do seu blog nos meus. Sempre que precisar, peça ajuda.
Estou nos blogs:
 
http://gatocomvertigens.blogs.sapo.pt/
e
http://labirintododesassossego.blogs.sapo.pt/
 
Deixe comentário ou envie um e-mail e, assim que possível, responderei.
 
Tenha uma vida feliz, sem stress.
 
Beijinhos,
Gato com Vertigens"

E todos os que me visitam, tenham também uma vida feliz... STRESSLESS (sem stress).

 

Domingo, 28 de Setembro de 2008

Mais um desafio a mim própria: Se eu fosse...

 

Se eu fosse um mês seria...
Setembro
Se eu fosse um dia da semana seria...
Sábado
Se eu fosse um número seria...
7
Se eu fosse um planeta seria...
Saturno
Se eu fosse uma direcção seria...
Sul
Se eu fosse um móvel seria...
Psiché (sempre gostei deste som… psiché)
Se eu fosse um líquido seria...
Água (fonte de vida)
Se eu fosse um pecado seria...
Gula
Se eu fosse uma pedra seria...
Mármore
Se eu fosse um metal seria...
Cobre
Se eu fosse uma árvore seria...
Um pinheiro nórdico, carregado de neve
Se eu fosse uma fruta seria...
Morango
Se eu fosse uma flor seria...
Rosa Vermelha
Se eu fosse um clima seria...
Temperado
Se eu fosse um instrumento musical seria...
Piano (o instrumento com o som mais fabuloso do mundo)
Se eu fosse um elemento seria...
Água
Se eu fosse uma cor seria...
Azul
Se eu fosse um animal seria...
Gato (what else?)
Se eu fosse um som seria...
Chilrear
Se eu fosse uma canção seria...
Bohemian Rapsody (Queen)
Se eu fosse um perfume seria...
Vanderbilt
Se eu fosse um sentimento seria…
Felicidade
Se eu fosse um livro seria…
1984
Se eu fosse uma comida seria...
Bolo de bolacha (adoro!)
Se eu fosse uma bebida seria...
Bailey’s
Se eu fosse um lugar seria…
O Paraíso
Se eu fosse um gosto seria…
Doce
Se eu fosse um cheiro seria…
Terra molhada, quando começa a chover
Se eu fosse uma palavra seria…
Vida
Se eu fosse um verbo seria…
Sossegar
Se eu fosse um objecto seria…
Uma manta quente e confortável, num dia de frio)
Se eu fosse uma peça de roupa seria…
Jeans
Se eu fosse uma parte do corpo seria…
Cabeça
Se eu fosse uma expressão seria…
“Who cares?”
Se eu fosse um desenho animado seria…
Pantera cor-de-rosa
Se eu fosse um filme seria…
“As palavras que nunca te direi”
Se eu fosse uma forma seria…
Círculo
Se eu fosse uma estação seria…
Primavera
Se eu fosse uma frase seria…
“Não existem mulheres feias, só existem aquelas que não sabem fazer-se belas.” (La Bruyère)

Sábado, 27 de Setembro de 2008

Desafio-me a mim própria... todos os dias!

Conhecem aqueles desafios que andam por aí pelos blogs? Encontrei este num blog brasileiro e desafiei-me a mim própria.

Às vezes temos dificuldade em parar para pensar e estes desafios permitem conhecermo-nos melhor.

Eu quero...
Ser menos ansiosa
Eu tenho...
Mais dificuldades do que gostaria
Eu acho...
Muito difícil relaxar
Eu odeio...
Mediocridade e arrogância
Eu sinto saudades...
De andar na escola
Eu escuto...
Quem me pede ajuda
Eu cheiro...
A uma mãe cansada que anda de autocarro todos os dias!
Eu imploro...
Por um pouco de paz e um mundo melhor
Eu procuro...
A felicidade
Eu arrependo-me...
De não ser mais firme nas minhas convicções
Eu amo...
A minha família
Eu sinto dor...
Todos os dias!!!
Eu sinto falta...
Da liberdade das férias, de andar à beira-mar
Eu importo-me...
Demais com a opinião dos outros
Eu sempre...
Quis ser independente e lutei para ter o que tenho
Eu não fico...
Aborrecida com alguém por muito tempo
Eu acredito...
Na bondade inata do ser humano
Eu danço...
Quando a música me agrada
Eu canto...
A toda a hora
Eu choro...
Por qualquer coisinha
Eu falho...
Algumas vezes, mas é assim que se aprende
Eu luto...
Contra a obesidade, permanentemente
Eu escrevo...
Com pouca frequência, mas exprimo-me melhor assim
Eu ganho...
Experiência, minuto a minuto
Eu perco...
Horas a fazer coisas inúteis
Eu nunca...
Obtive nada com facilidade
Eu fico confusa...
Com o stress e com a pressão
Eu estou...
Feliz por ter um marido e um filho que adoro (e que são os melhores do mundo)
Eu fico feliz quando...
Os meus dois queridos me sorriem
Eu sou...
Insatisfeita, por natureza
Eu tenho esperança...
Num mundo melhor para todos
Eu preciso...
De uma casa menos atravancada e de mais espaço
Eu deveria...
Ir-me deitar porque já é uma da manhã!

Quarta-feira, 27 de Agosto de 2008

Pensamento profundo do dia - A valorização profissional começa em casa...

“Não se preocupe por não poder dar aos seus filhos o melhor de tudo...

Dê a eles o seu melhor.”

Autor desconhecido


Certo dia, uma mulher chamada Anne foi renovar a sua carta de condução. Quando lhe perguntaram qual era a sua profissão, ela hesitou. Não sabia bem como se classificar.
O funcionário insistiu: "O que eu pergunto é se tem um trabalho."
"Claro que tenho um trabalho", exclamou Anne. "Sou mãe."
"Nós não consideramos isso um trabalho. Vou colocar dona de casa", disse o funcionário friamente.

 
Uma amiga sua, chamada Marta soube do ocorrido e ficou pensando sobre isso por algum tempo. Num determinado dia, ela encontrou-se numa situação idêntica. A pessoa que a atendeu era uma funcionária de carreira, segura, eficiente. O formulário parecia enorme, interminável. A primeira pergunta que ela lhe pôs foi: "Qual é a sua ocupação?" Marta pensou um pouco e, sem saber bem como, respondeu:
"Sou doutora em desenvolvimento infantil e em relações humanas".
 
A funcionária fez uma pausa e Marta precisou repetir pausadamente, enfatizando as palavras mais significativas. Depois de ter anotado tudo, a jovem ousou indagar; "Posso perguntar, o que é que a senhora faz exactamente?"
Sem qualquer traço de agitação na voz, com muita calma, Marta explicou: "Desenvolvo um programa a longo prazo, dentro e fora de casa."

Pensando na sua família, ela continuou: "Sou responsável por uma equipa e já recebi quatro projectos. Trabalho em regime de dedicação exclusiva. O grau de exigência é de 14 horas por dia, às vezes até 24 horas."
À medida que ia descrevendo as suas responsabilidades, Marta notou o crescente tom de respeito na voz da funcionária, que preencheu todo o formulário com os dados fornecidos.

Quando voltou para casa, Marta foi recebida pela sua equipa: uma menina com 13 anos, outra com 7 e outra com 3. Subindo ao andar de cima da casa, ela pôde ouvir o seu mais novo projecto, um bebé de 6 meses, que testava uma nova tonalidade de voz.
Feliz, Marta tomou o bebé nos braços e pensou na glória da maternidade, com as suas multiplicadas responsabilidades. E horas intermináveis de dedicação... "Mãe, onde está meu sapato? Mãe, ajudas-me a fazer o TPC? Mãe, o bebé não pára de chorar. Mãe, vais-me buscar à escola? Mãe, vais assistir ao meu recital de dança? Mãe, compras-me aquilo? Mãe..."

Sentada na cama, Marta pensou: "Se ela era doutora em desenvolvimento infantil e em relações humanas, o que seriam as avós?" E logo descobriu um título para elas: “Doutoras sénior em desenvolvimento infantil e em relações humanas”. As bisavós, “Doutoras executivas sénior”. As tias, “Doutoras assistentes”. E todas as mulheres, mães, esposas, amigas e companheiras:
“Doutoras na arte de fazer a vida melhor”.

Num mundo em que se dá tanta importância aos títulos, em que se exige sempre maior especialização, na área profissional, torne-se um(a)
 
“Especialista na arte de amar”.
 
Mostre esta mensagem a todas as mulheres... Mostre-lhes que existe sempre “um tempinho” no qual você estará pensando nelas...
 
Faça uma mulher feliz... Hoje...
E sempre!
 
E principalmente...
SEJA FELIZ VOCÊ TAMBÉM!
 
Fonte: Apresentação pps recebida por e-mail.
 

Recados e Imagens - Pais e Filhos - Orkut
Recados, Gifs e Imagens no Glimboo.com

Sábado, 16 de Agosto de 2008

Coisas que amo: Reach - Gloria Estefan (Jogos Olímpicos, Atlanta, 1996)

Como estamos numa época de Jogos Olímpicos, apesar da polémica por se realizarem na China, nunca é demais lembrar algo de jogos anteriores que gostámos.

Há músicas que nos causam arrepios, que nos deixam muito felizes e sedentos de sermos melhores. Este é um desses temas. Gloria Estefan cantou esta fantástica música na sessão de abertura dos Jogos Olímpicos de Atlanta, em 1996.

No final da página do blog, coloquei uma outra versão que encontrei no You Tube, com legendas em português e com imagens seleccionadas para motivação. Espero que gostem desta música tanto como eu e também se sintam motivados a ultrapassar as dificuldades.

A qualidade do vídeo não é muito boa, mas o que conta é a maneira como usamos a sua mensagem.

 


Gloria Estefan Lyrics

 

 

Vê este vídeo e persegue os teus sonhos!

.Quem é esta criatura?

» Politica de Privacidade


.Pesquisar nesta barbaridade

 

.Abril 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
24
25
26
27
28
29
30

.Desabafos recentes

. O Plano D...

. Mais um desafio a mim pró...

. Desafio-me a mim própria....

. Pensamento profundo do di...

. Coisas que amo: Reach - G...

. É muito difícil ser obesa...

. Acredita em ti... sem str...

. Pensamento profundo do di...

. Hoje quero transmitir-te ...

. Aleluia! Finalmente, algo...


.Desabafos arquivados

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Janeiro 2008

.Disto é que eu gosto!

. Espirrar em triplicado...

. Borboleta

. Jovens Mandarins com apen...

. Periquito bébé - Abril de...

. Madruga e verás, Trabalha...

. Vídeo do dia - Star Wars....

. Vídeo do dia - Uma gata q...

. Fantásticas imagens de ca...

. Ideias bizarras, úteis, i...

. O "jet-set" moçambicano -...

.tags

. todas as tags


Spread the Recycling Message

.Ligações perigosas

blogs SAPO