Terça-feira, 24 de Junho de 2008

Anúncios (sur)reais - Empregado procura-se...

Neste precioso anúncio do IEFP pedem uma secretária/administrativa, carregadinha de qualidades, para a "bela" cidade do Cacém (concelho de Sintra).

Não deixei de reparar que têm erros ortográficos. O facto passaria despercebido se não se tratasse de um anúncio onde pedem uma pessoa que não os faça, o que já de si não é um bom prenúncio. Mais o que mais chama a atenção é o salário oferecido: para um part-time de 4h/dia oferecem 213 euros/mês!

 

Estarão realmente convencidos que alguém vai responder a esta barbaridade? Será que não se enxergam?

Estou a modos que...: Revoltada!
Terça-feira, 3 de Junho de 2008

Anúncios (sur)reais - Empregado procura-se - Pleeease, gimme a break...

'Tão a gozar comigo, só podem estar...

Mais uma pérola de anúncio no site do Instituto do Emprego e Formação Profissional.

Pagam 600 euros a um tradutor, licenciado em Línguas e Literaturas Estrangeiras, com Português, Inglês e Espanhol muito bons! É para isto que os licenciados passam 16 anos a estudar???

 

Segunda-feira, 14 de Abril de 2008

Frustração do dia - Relação de trabalho

O patrão garante o pão do operário! O operário garante a lagosta do patrão!

A relação entre a entidade patronal e o trabalhador nunca é justa para este último, porque quem detém o poder é o primeiro.

Ao invés de um contrato comercial, em que as partes estão em pé de igualdade, neste caso é um contrato de desigualdade entre as partes, porque o empregado (por mais que trabalhe) se não faz o que lhe mandam, por mais absurdo que seja, fazem-lhe a vida negra ou é despedido.

Estou certo ou estou errado?

Legenda do cartoon:

Ouvi dizer que você trabalhou tantas horas que desmaiou por 20 minutos.

Gostaria que ficasse claro que não lhe vou pagar esses 20 minutos.

O trabalho encurta a vida…

 

Está cientificamente provado que:

  • Um cigarro encurta a vida em 2 minutos.
  • Uma garrafa de álcool encurta a vida em 4 minutos.
  • Um dia de trabalho encurta a vida em 8 HORAS!

Que mais precisam para começar a viver a vida?

Somos portugueses contribuintes...

"No nosso país:
  • Em cada 100 euros que o patrão paga pela minha força de trabalho, o Estado, e muito bem, tira-me 20 euros para o IRS e 11 euros para a Segurança Social.
  • O meu patrão, por cada 100 euros que paga pela minha força de trabalho, é obrigado a dar ao Estado, e muito bem, mais 23,75 euros para a Segurança Social.
  • E por cada 100 euros de riqueza que eu produzo, o Estado, e muito bem, retira ao meu patrão outros 33 euros.  
  • Cada vez que eu, no supermercado, gasto os 100 euros que o meu patrão pagou, o Estado, e muito bem, fica com 21 euros para si.
Em resumo:
  • Quando ganho 100 euros, o Estado fica quase com 55.
  • Quando gasto 100 euros, o Estado, no mínimo, cobra 21.
  • Quando lucro 100 euros, o Estado enriquece 33.
  • Quando compro um carro, uma casa, herdo um quadro, registo os meus negócios ou peço uma certidão, o Estado, e muito bem, fica com quase metade das verbas envolvidas no caso.
Eu pago (e acho muito bem) portanto
 
EXIJO:
  • Um sistema de ensino que garanta cultura, civismo e futuro.
  • Emprego para os meus filhos.
  • Serviços de saúde exemplares.
  • Um hospital bem equipado a menos de 20 km da minha casa.
  • Estradas largas, sem buracos e bem sinalizadas em todo o país.
  • Auto-estradas sem portagens.
  • Pontes que não caiam.
  • Tribunais com capacidade para decidir processos em menos de um ano.
  • Uma máquina fiscal que cubra igualitariamente os impostos.

Eu pago, e por isso quero ter:

  • A reforma garantida (quando lá chegar).
  • Jardins públicos e espaços verdes bem tratados e seguros.
  • Polícia eficiente e equipada.
  • Os monumentos do meu país bem conservados e abertos ao público.
  • Uma orquestra sinfónica.
  • Filmes criados em Portugal.
  • E, no mínimo, que não haja um único caso de fome e miséria nesta terra. 

Na pior das hipóteses, cada 300 euros em circulação em Portugal garantem ao Estado 100 euros de receita. Portanto, Sr. primeiro-ministro, governe-se com o dinheirinho que lhe dou porque eu quero e tenho direito a tudo isto.

 
Assinado,
Um português contribuinte.”
 
Meus amigos... Este é seguramente uma mensagem que todos temos a obrigação de transmitir...
Fonte: recebido por e-mail

 

 

Vê este vídeo e persegue os teus sonhos!

.Quem é esta criatura?

» Politica de Privacidade


.Pesquisar nesta barbaridade

 

.Abril 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
24
25
26
27
28
29
30

.Desabafos recentes

. Anúncios (sur)reais - Emp...

. Anúncios (sur)reais - Emp...

. Frustração do dia - Relaç...

. O trabalho encurta a vida...

. Somos portugueses contrib...

. Os Miseráveis - Vivemos n...


.Desabafos arquivados

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Janeiro 2008

.Disto é que eu gosto!

. Espirrar em triplicado...

. Borboleta

. Jovens Mandarins com apen...

. Periquito bébé - Abril de...

. Madruga e verás, Trabalha...

. Vídeo do dia - Star Wars....

. Vídeo do dia - Uma gata q...

. Fantásticas imagens de ca...

. Ideias bizarras, úteis, i...

. O "jet-set" moçambicano -...

.tags

. todas as tags


Spread the Recycling Message

.Ligações perigosas

blogs SAPO